IMG_9221

É hora de festejar

O fim do ano chegou e com ele as confraternizações, os encontros com os amigos e a família. Só que com a correria do dia a dia você ainda não teve tempo de se organizar para receber em casa. Não entre em pânico! O Estilo Via conversou com dois especialistas no assunto, a consultora de etiqueta Silvia Seabra e a artista plástica e decora Célia Estrela que deram dicas importantes para você receber com charme, estilo e sofisticação.

A primeira coisa que você deve levar em conta é o orçamento. Você não vai fazer um jantar de fim de ano para 50 convidados se tiver uma quantia relativa para 15 pessoas. ”Por isso o primeiro de tudo é saber o quanto gastar”. O Conselho é da consultora Silvia Seabra. O passo seguinte é a lista de convidados.

Dizem que o que importa mesmo é a companhia. Então, agora é a hora de fazer a lista de convidados. Tente chamar pessoas de diferentes ciclos que conversem sobre diversos assuntos. Assim, todos podem interagir sem panelinhas. O jantar ficará mais agradável e dinâmico. E, para que todos os convivas se sintam prestigiados pelos anfitriões, afinal você os está convidando à sua casa para um encontro agradável, que tal fazer um convite simpático? Não precisa ser formal, impresso em papel. Basta escrever um texto sincero e acolher e enviar por e-mail ou mensagem de texto pelo celular, com um reforço pelo telefone. “Pela forma que você é convidado já dá para imaginar o evento. As pessoas chegam mais felizes e abertas”, diz Silvia.

O encontro fica completo com uma boa mesa. A consultora lembra que um bom jantar não significa, necessariamente, serviços de prata ou coquetéis de camarão ou caviar russo sobre blinis. Se você tiver essas iguarias em casa, tudo bem. Mas se não, não é problema. Basta que tenha bebidas bem escolhidas, um prato saboroso e companhias agradáveis. Lembre-se, é uma celebração e o que importa é que todos se divirtam.

E a decoração? Segundo a artista plástica e decoradora Célia Estrela, você pode fazer uma mesa linda para as festas de fim de ano com materiais da natureza que fogem do habitual, como galhos secos, ramos de eucalipto, pimenta-do-reino, algodão, bucha natural, jiló, galho seco, pinha e sementes. As mesas de café da manhã, almoço e jantar criadas por Célia Estrela para receber os amigos em casa são sempre simples, bonitas, inusitadas e elegantes. Suas criações ganharam fama e agora podem ser vistas por todos no livro que ela acaba de lançar. Um brinde ao encontro reúne imagens de 50 mesas decoradas.

As flores, nas mesas de Célia Estrela, têm seu lugar, mas também são usadas com parcimônia. “Flores sempre são caras e não duram tanto. Não vale o investimento para ser o objeto principal na decoração”, frisa. A artista plástica prefere usar louça e guardanapos para ajudar na ornamentação. “Há outros materiais tão bonitos quanto às flores que podem ser reaproveitados depois para outras decorações. Junto aos arranjos e ornamentos inusitados, lembre-se que talheres, toalhas e taças devem combinar com cada ambiente criado”, conta.

Para Célia, as festas de fim de ano não precisam ser decoradas unicamente com dourado, vermelho e verde. Você pode fazer uma mesa azul com detalhes dourados e pratas, por exemplo. “Essa é uma opção que cabe tanto para o Natal como para o Ano Novo. Foi-se o tempo em que havia regras de cores para cada ocasião”, reforça. Quanto à criatividade para arranjos e ornamentações, Célia explica que, quanto mais se pratica, mais ideais surgem. “Se você começar a fazer, você fica criativo”, conta. A maior prova disso é o belíssimo arranjo com isopor, betume, folha de ouro e arame de galinheiro, que foi usado para fazer a decoração de algumas mesas de natal. E para não errar na conta, ela reforça: “Não se limite, mas lembre-se que menos é mais. Menos informação e mais harmonização”, completa.

Muitas vezes, temos vontade de reunir todos os amigos em uma grande celebração. Não apenas nas festas de fim de ano, mas também ao longo dele. Comemorações pedem espaços confortáveis e aconchegantes. Foi pensando nisso, que a Via lançou empreendimentos como O Via Azaleas, o Via Santorini e o Via Horizonte em Brasília, que oferecem salões de festa, cobertura com áreas de lazer e espaços gourmet. Saiba mais, acesse aqui.

Faça um comentário sobre esta notícia