destaquemesanatalcobertura

Faça diferente

Para começar o 2016 com o pé direito, o Estilo Via selecionou cinco coisas que você deve fazer para viver diferentes experiências nas festas de fim de ano. Para fugir da mesmice das ceias de Natal e do Ano Novo, da decoração, das receitas e das reservas em restaurantes cheios, aproveite para conhecer outras maneiras de curtir e inovar nas comemorações ao lado da família e dos amigos.

Mesa de almoço de Natal

Faça diferente nestas festas de fim de ano, deixe a ceia um pouco de lado e celebre o Natal em um delicioso almoço em família no dia 25 de dezembro. A dica vale também para celebrar o ano novo no dia 1º de janeiro. Para dar dicas de como montar uma mesa digna de celebrações como estas, a artista plástica Célia Estrela conta que o segredo da decoração é saber reaproveitar o que se tem e usar a criatividade para ornar pratos, arranjos, guardanapos e forro de mesa. Inspire-se nas mesas da artista e prepare uma mesa de almoço charmosas e econômicas.

Para o almoço de Natal, Célia usou forro de mesa e passadeira brancos e louça estampada – feita por ela mesma. No centro, arranjos com objetos que ela já tinha em casa: vasinhos e porta-bolo de vidro. A única coisa que a artista comprou foram as flores pequenas brancas, as Gipsofilas, colocadas junto aos arbustos verdes, para dar mais vida à mesa. Dica: coloque algumas flores sobre a mesa, espalhe-as perto dos arranjos. Os porta-guardanapos vermelhos dão charme à decoração e se harmonizam com as cores da louça.

Já para o Ano Novo, Célia fez uma mesa com mais cor. Ela misturou o dourado com diferentes tons de cinza e rosas brancas secas. “Você não precisa sempre comprar flores frescas para os arranjos. Deixe secar as que você já têm em casa e use-as”, conta a artista. Ela ainda lembra que as cores das flores chegam a mudar quando secas, o que deixa a decoração ainda mais charmosa. Você pode destacar algumas pétalas e espalhar pela mesa. Como porta-guardanapo, Célia utilizou um barbante. “Qualquer um pode fazer em casa e é muito barato”, acrescenta.

Flores para começar o ano

Uma das maneiras mais agradáveis de começar o ano é deixar a casa mais colorida e arrumada. As flores sempre melhoram o astral, afastam as energias negativas e trazem paz ao lar. O florista e decorador Rodrigo Resende ressalta a importância de sempre ter flores em quaisquer ambientes da casa, independente da época do ano, e explica que a decoração floral vai de acordo com o estilo que cada um. “O importante é ter um elemento natural no ambiente, não importa se planta ou flor. Mas algo extra à composição precisa passar vivacidade”, justifica.

Os estilos podem ser os mais variados possíveis, como o clássico, clean, moderno e rústico. Rodrigo conta que, para cada pessoa, existe um perfil de flores e arranjos. Para o clássico e o clean, priorize os vasos de prata, vidro e cristal e use flores claras, como a rosa branca, o copo de leite e o lírio. Se você faz a linha boho, bem anos 70, use vasos de barro e mescle as flores com frutas, como maçã verde e banana. “Algo que fica muito lindo é, junto das flores, colocar uma abóbora moranga ornando com algum acessório de decoração. Fica muito charmoso”, aconselha Rodrigo.

Mas e para os modernos? Segundo Rodrigo, em vez de investir em flores, use plantas, elas harmonizem com a decoração clean do lar. Levar o verde para dentro de casa deixa o ambiente mais vivo e contemporâneo. Se o seu apartamento tiver piscina, o florista aconselha colocar na área de lazer velas e plantas juntas, como a Costela de Adão e a Espada de São Jorge.

Convite diferente

Você pode dar um toque totalmente diferente às celebrações de fim de ano e convidar as pessoas de uma maneira especial e criativa. A especialidade das meninas do Chá das Duas é criar convites em papel que deixam os convidados apaixonados pela festa antes mesmo dela acontecer. Envie um convite feito do seu jeito gosto para os convidados com quem você quer compartilhar esses momentos tão especiais e surpreenda-os! O convite impresso é uma ótima saída para formalizar encontros e fazer com que as pessoas se sintam especiais. “É gostoso recebe-los. Além de charmoso e especial, é uma tradição que não pode ser deixada de lado”, conta Raquel Salaro, uma das donas da empresa.

Decoração para Cobertura

O réveillon é sinônimo de festa e, por isso mesmo, a decoração da cobertura deve ser requintada e transmitir boas energias. Se for organizar um pequeno jantar ou uma festa de arromba para brindar a chegada do novo ano, inspire-se em algumas dicas de como aproveitar melhor o espaço.

Primeiro passo: Não podem faltar velas. A dica é distribuí-las nos lugares certos nas quantidades necessárias. Para uma reunião íntima de réveillon, concentre as velas sobre a mesa de jantar, opte por recipientes originais para coloca-las, como taças de champanhe, candelabros diferentes ou garrafas vazias. Mas, se a festa for grande e muito animada, espalhe as velas por todo o ambiente – piscina, salão, área gourmet, optando por velas de tamanhos grandes (que duram mais tempo). Você pode coloca-las dentro de porta-velas, o efeito é puro charme.

Segundo passo: E quando as 12 badaladas anunciarem o Ano Novo? Esse é o momento mais aguardado da noite. Boa parte da festa de réveillon é passada com os olhos atentos para o relógio. Por isso, você pode fazer desse momento algo especial e coletivo. Use na decoração vários relógios diferentes, colocados juntos sobre a mesa, o buffet ou na mesa de centro. Se tiver familiares ou amigos em outros pontos do globo, reserve um desses relógios para a sua hora local. E, para uma diversão extra, programe os relógios para despertam todos à meia-noite! Você também pode personalizar as taças de champanhe com uma fita na base ou um enfeite pendurado para que cada convidado saiba reconhecer a sua própria.

The day after

O Natal e o Ano Novo fazem parte de um momento de festa, alegria, confraternização e de muita fartura. Por isso, sempre fica a dúvida do que fazer com tanta comida que ficou da ceia. As frutas secas como castanha de caju, nozes, amêndoas e frutas cristalizadas podem ser utilizadas no preparo de uma salada adicionando folhas verdes e queijos. Já as carnes, como peru, chester, pernil de porco, peixe assado, podem ser usadas no preparo risotos, massas curtas e longas, inclusive lasanhas – uma boa dica é acrescentá-las ao molho bechamel, fica uma delícia!

As carnes ainda podem ser utilizadas no preparo de tortas e sanduíches. Com certeza o filme no fim de tarde vai ficar muito mais saboroso. Já os Panetones podem ser grelhados e servidos como acompanhamento de sorvetes ou ainda transformados em deliciosos chessecakes e rabanadas.

O Estilo Via selecionou duas receitas do que podem ser feitas com o que sobrou das ceias de fim de ano para entradas delicioso brunch de dia seguinte. Veja a seguir:

Bolinho de Arroz do Ritz

O restaurante Ritz, de São Paulo, é um clássico da gastronomia e da boa vida paulistana. Por lá passam famosos e anônimos sempre em busca de bom papo, drinks de primeira e boa comida. Um dos clássicos do cardápio é o bolinho de arroz. Crocante e firme por fora, úmido e macio por dentro, o bolinho de arroz é uma ótima opção para quem gosta de beliscar alguma coisa antes do almoço, que no dia de Natal sai por volta das 15h, 16h. O que faz desse bolinho diferente dos demais os demais são duas características: os grãos inteiros e a crosta feita com farinha de rosca, em vez de farinha de trigo, que fica mais leve e crocante. No Ritz, eles são servidos com relish de pepino. Mas ficam bons também com geleia de pimenta ou chutney de manga. O preparo não poderia ser mais simples.

Ingredientes

4 xícaras (chá) de arroz, bem cozido
4 ovos
3/4 de xícara de farinha de rosca
1 xícara (chá) de parmesão ralado
1/2 colher (chá) de fermento químico em pó
1/2 xícara (chá) de salsinha, picada
1/2 xícara (chá) de cebolinha, picada
1/2 colher (chá) sal
1 litro de óleo (ou mais se necessário, para fritar)
1/4 de colher (chá) de pimenta-do-reino

Preparo

Coloque numa tigela o arroz cozido, os ovos, a farinha de rosca, o queijo, o fermento, a salsinha e a cebolinha. Mexa bem, para misturar todos os ingredientes sem deixar pedaços. Tempere com o sal e a pimenta-do-reino. Misture bem. Molde os bolinhos à mão, um a um. Lave a mão várias vezes, sempre que a massa começar a grudar. Ponha o óleo numa frigideira funda, aqueça bem e doure os bolinhos. Frite quatro ou cinco de uma vez. Até dourar. Retire com escumadeira, escorra bem e sirva em seguida.

Dica de sommelier

Esses bolinhos vão bem com espumantes. Mas, se puder sugerir outras bebidas, os acompanharia com um bloody mary – com acidez vivaz e bom tempero – ou com cervejas do estilo premium american lager, equilibradas e fáceis de beber. Seu frescor combina com a fritura e o queijo.

Torta de Frango do Ritz

Foto: Carol Quintanilha

Ingredientes

500 gramas de peito de frango cozido e desfiado,
70 gramas de margarina,
1/2 xícara de farinha de trigo,
750 ml de caldo de galinha,
1/3 xícara de salsinha picada,
1 colher (chá) de sal,
1 cenoura cozida,
4 azeitonas verdes sem caroço e
1 pitada de pimenta-do-reino

Preparo

Numa panela, derreta a margarina e aos poucos junte a farinha até formar uma massa homogênea. Cozinhe e coloque o caldo de galinha até engrossar. Acrescente o frango, a salsinha, o sal e a pimenta, e misture. Reserve.

Massa

1/2 kg de farinha de trigo, 250 gramas de banha,
1/4 colher (chá) de sal e
1 1/2 colher (sopa) de água

Preparo

Em uma batedeira, coloque a banha em pedacinhos, a farinha e o sal, e bata até misturar bem. Em seguida adicione a água e volte a bater até dar o ponto de massa para torta.

Montagem: divida a massa e o recheio em 4 partes. Em fôrma individual, coloque uma camada de recheio. Acrescente 2 rodelas de cenoura cozida e 1 azeitona verde em cada uma delas. Coloque por cima a outra parte do recheio. Abra a massa com um rolo numa espessura de cerca de 0,5 cm. Cubra o recheio com a massa epincele com gema de ovos. Coloque em cima de cada torta 4 metades de amêndoas torradas. Asse em forno médio (175o C) por 30 minutos. Rende 4 porções.

Para que você se reúna com as pessoas que ama, os empreendimentos Via têm salões de festa e espaços gourmet para todos os tipos de confraternizações. Conheça alguns empreendimentos Via no Noroeste, Brasília, o Via Classique e Via Santorini

Faça um comentário sobre esta notícia