Museu-Nacional-1--Acervo-VIA

Niemeyer pelos olhos dos outros

Presença constante na paisagem brasiliense e em algumas das mais importantes cidades do planeta – do Rio de Janeiro a Nova York e Paris -, as obras do arquiteto Oscar Niemeyer podem ser vistas, visitadas e admiradas diariamente. Sua simplicidade desconcertante é a marca registrada desse arquiteto que ousou ao criar a linha reta curva e a dar leveza ao concreto em construções que flutuam no espaço e se fundem com a paisagem, num jogo de esconde e mostra. A VIA teve a honra de tornar alguns dos projetos desse gênio das formas em realidade concreta como, a Estação Ciência de João Pessoa (PB), o Centro Administrativo de Belo Horizonte (MG), a sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Museu Nacional de Brasília (DF).  Este foi um dos últimos projetos de Niemeyer para a capital federal que, junto ao Teatro Nacional, completa o conjunto cultural da Esplanada dos Ministérios.

O Museu Nacional é um dos três prédios que compõem o Complexo Cultural da República e recebe exposições de artistas do Brasil e do mundo. Palco de comícios, shows, festivais de teatro e ponto de encontro de skatistas, da galera do hip-hop e de muitas famílias, o espaço é visitado constantemente por fotógrafos em busca daquele ângulo único ainda não explorado ou da luz do Sol que rebatida pelas janelas dos prédios da Esplanada dá ao local uma cor toda especial. Para entender um pouco mais sobre o fascínio que essa obra de Niemeyer exerce sobre as pessoas, o Estilo VIA apresenta as fotos feitas por alguns dos mais importantes fotógrafos do momento, que com suas lentes tentam a todo instante conhecer um pouco mais sobre o trabalho desse grande mestre.

Veja, também, os projetos criados por Niemeyer e executados pela VIA em outros estados brasileiros.

Faça um comentário sobre esta notícia